domingo, 16 de abril de 2017

METODOLOGIA DE ENSINO Criativa - EBD - Escola Bíblica Dominical



Dt 4.1: “E agora, ó Israel, ouça os decretos e as leis que lhes estou ensinando a cumprir, para que vivam e tomem posse da terra, que o Senhor, o Deus dos seus antepassados, dá a vocês.”.
Dt 5.1: “Então Moisés convocou todo o Israel e lhe disse: Ouçam, ó Israel, os decretos e as ordenanças que hoje lhes estou anunciando.Aprendam-nos e tenham o cuidado de cumpri-los.”

E ai ensinar e aprender, juntos ou separados? 

No sentido mais completo da palavra vamos entender no hebraico que se trata da mesma palavra, nos dois textos foram usada a mesma raiz da palavra em hebraico. Percebe a importância disso? 



O que o professor faz e o que o aluno faz acham-se profundamente ligados. A raiz da palavra em hebraico é “Piel” que significa ocupar-se avidamente da ação indicada pela raiz que é aprender. Ensinar, portanto, significa ocupar-se avidamente da aprendizagem dos alunos.


A bíblia diz que ensinar significa “levar a aprender”. Esse é o âmago da “Lei da Aprendizagem”. E como avaliamos se somos ou não um bom professor? Pela medida que os alunos aprendem. Já pensou se isso fosse levado a sério, se os professores fizessem um pacto de serem fiéis a ordenança bíblica de “levar a aprender”? 

Haveria uma revolução, a aprendizagem se elevaria, a disciplina voltaria e os alunos passariam a gostar de aprender, em lugar de odiarem a escola.

1) Os professores são responsáveis por levar os alunos a aprender.
Conta-se a história de um professor que depois de 25 minutos de aula, deu aos alunos uma prova, todos não acreditavam no que estava acontecendo no primeiro dia de aula. Uma das alunas, que sempre tirava boas notas, o retrucou pela atitude e a nota que havia recebido, não achando justo, pois não teve oportunidade de aprender. Por essa atitude o professor foi conversar com ela e lhe disse que nota você me daria? Sem resposta da aluna disse-lhe então: “a sua nota é a minha nota”, o que você aprendeu ou não depende inteiramente da minha atuação como professor.

Dá pra perceber a importância dessa reflexão, os alunos precisam se responsabilizar por aprender a matéria – mas o professor é responsável por induzi-los a sabê-la. O professor precisa ter o compromisso de fazer tudo que tiver a seu alcance para levar o aluno a aprender. E ai como tem sido os seus esforços para induzir seus alunos a aprender?

2) Os professores terão que dar contas a Deus pela influência que exerceram.
Quando alguém nos delega uma responsabilidade num projeto, seja ele qual for geralmente precisamos prestar contas de nosso desempenho. A palavra de Deus deixa bem claro que cada um de nós haverá de prestar contas ao próprio Deus acerca do cumprimento ou não das instruções que ele nos deu.

“Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más.”2 Coríntios 5:10
Portanto, exerça com excelência o chamado de Deus pra sua vida, e faça seu trabalho com todo empenho possível.

3) Os professores são responsáveis porque sob o controle deles estão a matéria, o estilo e o orador.
Por conta desses três detalhes é que Deus diz em sua palavra que teremos que prestar contas, a única coisa na qual não está no controle do professor é o aluno, pois do restante ele tem total controle. Vamos entender?

Matéria: O professor tem total controle de cada palavra que profere.

Estilo: Também controla a maneira de dar sua aula. Se sussura, grita, fica parado, sentado, cruza os braços, trabalha em grupo, com debate, filme, painel, discussão…enfim como dará sua aula.

Orador: O professor tem controle completo de si mesmo, a forma como se vestir, o falar formal ou informal, se conversa com os alunos ou se distancia deles.
O professor leva o aluno a aprender através do emprego correto e oportuno da matéria, do estilo e do orador. De como prepara a sua aula, quais recursos utiliza. Como você tem usado esses três detalhes em sua aula?

4) Os professores deveriam medir o seu sucesso pelo de seus alunos.
Qual seu conceito de um bom professor? São bons aqueles que têm anos de ministração de aulas, cursos, mestrado, doutorados?

Essas são ótimas referencias, mais não garantem que sejam bons professores. O maior teste de eficiência de um professor é o desempenho de seus alunos.

Por isso procure os frutos do seu trabalho no aprendizado de seus alunos, o quanto daquilo que você ensinou, o que foi absorvido por eles e assim poderá medir seu desempenho como professor.

5) Professores exercem maior impacto sobre seus alunos através de seu caráter e compromisso

ouviu esses provérbios: “Aquilo que fazemos fala mais alto do aquilo que dizemos” e “Nossas ações falam mais alto que nossas palavras”? Pois bem, eles se aplicam completamente a vida do professor. O caráter sempre influencia mais que a comunicação.
Quando adultos apontam o professor que mais os influenciou, sempre mencionam alguém que possuía caráter e compromisso mais nobre.

E é assim continuamente, seus alunos podem admirar sua oratória, e forma de comunicação, mais suas ações podem levar tudo a perder quando seu caráter e compromisso não forem certeiros.

6) Os professores existem para servir os alunos
É você não leu errado, servir esse é o foco de um professor que tem o desejo de agradar a Cristo
Como é que você se sentiria se fosse a um restaurante, pedisse água ao garçom, e este retrucasse: “Vá buscar, você mesmo!”. Você ficaria indignado e reprovaria o restaurante.
Agora pense no papel do professor. 

BIBLIOGRAFIA
Livros
Wilkinson, Bruce – As 7 Leis do Aprendizado, Dicionário Bíblico  SBB, Bíblia Sagrada NTHL, Estudos Pessoais
Blogs e Sites
https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=7&cad=rja&uact=8&ved=0CEkQFjAGahUKEwiphbmimu_HAhULMz4KHcuUDfM&url=https%3A%2F%2Fwww.fe.unicamp.br%2Fformar%2Fwp-content%2Fuploads%2F2012%2F08%2FMETODOLOGIA-DO-ENSINO-diferentes-concep%25C3%25A7%25C3%25B5e-s.doc&usg=AFQjCNFdpEWGDsvScvX0VJodxzSbT8U3Lg&sig2=GPZYcejV9ChRmZFg_Qu2wg&bvm=bv.102022582,d.cWw
http://www.soudapromessa.com.br/aprender-ensinar-como-vao-minhas-aulas-na-escola-biblica/

Nenhum comentário:

Postar um comentário