quarta-feira, 18 de outubro de 2017

EBD BETEL - CONTEÚDO LIÇÃO 5 - É necessário nascer de novo - 29/10/2017



TEXTO ÁUREO
"Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o reino de Deus" Jo 3.3

VERDADE APLICADA

O novo nascimento é condição para entrar no reino de Deus. É ação divina no ser humano, tornando-o participante da natureza divina e incluído na família de Deus"

OBJETIVOS DA LIÇÃO
* Explicar acerca da necessidade e importância do novo nascimento;
* Mostrar a maneira como se desenvolve o novo nascimento e como Deus o gera;
* Apresentar os meios e os resultados do novo nascimento

GLOSSÁRIO
Conotação: Sentido ou significado sugerido ou evocado por símbolo, palavra, coisa, situação, etc;
Degeneração: Ato de corromper-se;
Jaz: Está sepultado

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

EBD BETEL - Comentários Adicionais - LIÇÃO 4 - Conhecendo o Arrependimento Bíblico e frutífero - 22/10/2017

Caro (a) Professor (a), após a leitura inicial do tema e texto de referência, uma boa maneira de iniciar a aula é perguntando "O que é Arrependimento?"

O QUE É ARREPENDIMENTO? Decisão de mudança total de atitude e de vida, em que a pessoa, por ação divina, é levada a reconhecer o seu pecado e a sentir tristeza por ele, decidindo-se a abandoná-lo, baseando sua confiança em Deus, que perdoa. (Dic Bíblico Almeida)



INTRODUÇÃO 
+ ITEM 1.1 O Arrependimento e seu significado

Explicando "A parábola dos dois filhos"

A PARÁBOLA – Significado – Mateus 21.28-32

O primeiro filho, que inicialmente disse não ao pai, mas depois se arrependeu e foi trabalhar na vinha, representa os publicanos e as prostitutas, pessoas excluídas e consideradas indignas perante a religiosidade judaica, e que, embora com seu modo de viver inicialmente recusavam os mandamentos de Deus, por fim se arrependiam e passavam a fazer a Sua vontade.


domingo, 15 de outubro de 2017

EBD BETEL - Comentários Adicionais LIÇÃO 3 - A maravilhosa e inefável Graça de Deus - 15/10/2017

Clique aqui e curta nossa página no FACEBOOK

A GRAÇA DE DEUS


Há aproximadamente cem anos, Julia H. Johnson compôs a letra de um hino intituladoGrace Greater Than Our Sin [“Graça Maior que o Nosso Pecado”; conhecido em português pelo título: Graça de Deus, Infinito Amor]. A quarta estrofe desse hino sintetiza com muita propriedade o conceito da graça de Deus:

Maravilhosa, incomparável graça, concedida livremente a todo o que nEle crer; tu que anelas ver Sua face, queres neste instante Sua graça receber?
Nós que recebemos a graça de Deus por intermédio de Jesus Cristo, de fato, constatamos quão maravilhosa e incomparável é essa graça. Entretanto, qual é o significado da expressão Graça de Deus?

A Definição da Graça de Deus
A definição encontrada em um dicionário para o termo graça é a seguinte: “O favor imerecido que Deus concede ao homem”. Embora tal definição seja verdadeira, é incompleta. Graça é um atributo de Deus, um componente do caráter divino, demonstrada por Ele através da bondade para com o ser humano pecador que não merece o Seu favor.

Um Deus santo não tem nenhuma obrigação de conceder graça a pecadores, mas Ele assim o faz segundo o bem querer da Sua vontade. Ele demonstra graça ao estender Seu favor, Sua misericórdia e Seu amor para suprir a necessidade do ser humano. Visto que o caráter de Deus é composto de graça, movido por bondade Ele espontaneamente se dispõe a conceder Sua graça à humanidade pecadora em nosso tempo de aflição.


A graça de Deus pode ser definida como “aquela qualidade intrínseca do ser ou essência de Deus, pela qual Ele, em Sua disposição e atitudes, é espontaneamente favorável” a outorgar favor imerecido, amor e misericórdia àqueles que Ele escolhe dentre a humanidade desmerecedora.

1. DEFINIÇÃO BÍBLICA
 A Declaração da Graça de Deus
Ao longo de toda a Bíblia, a graça de Deus se manifestou em três estágios. No primeiro, Deus revelou Sua bondade e graça ao demonstrar misericórdia, favor e amor para com todos os homens em geral, mas para com Israel em particular. No segundo estágio, Deus expressou ou apresentou Sua graça, de forma mais clara, através de Jesus Cristo, o qual veio ao mundo para pagar pelos pecados do homem mediante Sua morte sacrificial na cruz. No terceiro, a graça de Deus proporciona salvação e santificação a todos os que, pela fé, confiam em Jesus Cristo como Salvador e Senhor de suas vidas.

Na Septuaginta, uma antiga tradução das Escrituras do Antigo Testamento para a língua grega, o termo grego traduzido por “graça” é charis que significa “graça ou favor imerecido”. As Escrituras Hebraicas não possuem nenhum termo hebraico equivalente. Os termos originais hebraicos traduzidos na Septuaginta por charis são chanan ou chen,que se traduzem por “graça”, “favor” ou “misericórdia”.

Essas duas palavras hebraicas são usadas no Antigo Testamento para retratar o mesmo significado de charis: (1) mostrar misericórdia para com o pobre (Pv 14.31); (2) proporcionar misericórdia àqueles que invocam a Deus em tempo de angústia (Sl 4.1; 6.2; 31.9); (3) demonstrar favor a Israel no Egito (Êx 3.21; 11.3; 12.36); e (4) conceder (Deus) Sua graça a determinadas pessoas, tais como Noé (Gn 6.8), José (Gn 39.21), Moisés (Êx 33.12,17), e Gideão (Jz 6.17). Além disso, a graça de Deus será derramada sobre a nação de Israel no tempo da sua salvação (Zc 12.10).

domingo, 1 de outubro de 2017

EBD BETEL - Comentários Adicionais - O Deus Todo-Poderoso se revelou 01/10/2017

CLIQUE AQUI e fala download da aula COMPLETA
CLIQUE AQUI e curta nossa pagina no face




Davi sabia bastante sobre a revelação de Deus. Ele passou uma boa parte do seu tempo dedicado à composição de salmos que, na verdade, são poesias e cânticos. 

É o autor que tem o maior número de composições no livro de Salmos. Entretanto, música e poesia parecem não ser as únicas habilidades da pena de Davi. 



Em termos de teologia ele abriu o caminho para grandes servos de Deus registrarem os aspectos mais profundos da revelação bíblica. Os apóstolos escritores citaram inúmeras vezes salmos de Davi e ensinaram à igreja dos seus dias .

O apóstolo Paulo, talvez o autor cujos escritos bíblicos sejam os de maior profundidade e importância teológica que temos, foi um dos escritores que citaram salmos davídicos em seus escritos. Um dentre os muitos temas abordados pelo apóstolo em suas cartas é aquele que fala sobre a própria revelação de Deus ao homem. Paulo apresenta dois meios que Deus utiliza para se revelar. 


O primeiro se dá por meio da Criação: “Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas...” (Rm 1.20). 


O segundo se dá por intermédio das Escrituras: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3.16,17). Os teólogos denominam esse dois meios da revelação divina de “revelação geral” e “revelação específica”, respectivamente.


1/1. A CRIAÇÃO TESTEMUNHA
SALMO 19 - TEHILIM


O Testemunho dos Céus. Os céus . . . o firmamento . . . o solCada um destes tem a sua parte na revelação do mistério da glória de Deus. Em constante revelação, de dia e de noite, a expansão dos céus revela a excelência da obra criadora de Deus. O sol surge como o membro mais importante do coro celeste, percorrendo o seu determinado caminho de testemunha, o salmista claramente considera o sol como um agente de Deus na revelação de Sua glória.

 A EXISTÊNCIA - DARWIN
A Revista Veja, de 11 de fevereiro de 2009, celebrando os duzentos anos do nascimento de Charles Darwin, publicou uma matéria insolente atacando a fé cristã. O livro de Darwin, Origens das Espécies, publicado em Londres, em 1859, falando sobre a geração espontânea e a evolução das espécies tornou-se uma crença generalizada, especialmente em alguns redutos acadêmicos. Porém no próprio livro de Darwin tem nada menos que oitocentos verbos no futuro do subjuntivo: "Suponhamos". A evolução não passa de uma suposição e absolutamente improvável

sábado, 30 de setembro de 2017

EDITORA BETEL - 4º TRIMESTRE 2017 - DOUTRINAS FUNDAMENTAIS DA IGREJA DE CRISTO - Comentários Adicionais

EDITORA BETEL - 4º TRIMESTRE 2017
DOUTRINAS FUNDAMENTAIS DA IGREJA DE CRISTO




COMENTÁRIOS ADICIONAIS

Lição 1 - 01/10/2017 - O Deus Todo-Poderoso de revelou, CLIQUE AQUI

Lição 2 - 08/10/2017 - Pecado: uma realidade humana

Lição 3 - 15/10/2017 - A maravilhosa e inefável graça de Deus, CLIQUE AQUI

Lição 4 - 04/10/2017 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero, CLIQUE AQUI

Lição 5 - 29/10/2017 - É necessário nascer de novo